27 de agosto de 2016

Mais um extremista ataca Holiday de forma racista

Já repeti isso aqui incansáveis vezes, mas as evidências de que tenho razão não param de surgir. Toda essa raiva que a extrema-esquerda carrega contra Fernando Holiday, do MBL, é motivada pelo simples fato de o rapaz ser um negro que cometeu o "pecado" de não concordar com as aberrações defendidas por ela.

Abordei aqui, há poucos dias, o caso do blogueiro petista (na verdade é do PCdoB, mas dá na mesma) Eduardo Guimarães, que fez pelo menos dois textos atacando Holiday nos quais o fato de o jovem ser negro era mencionado em todos os parágrafos. Expliquei aos meus leitores que eram normais ataques deste tipo, e que a raiva destilada pela extrema-esquerda contra Holiday é especialmente maior do que aquela demonstrada por outros membros do MBL, como Renan Santos ou Eder Borges, que não são negros.

Há algum tempo também trouxe para cá o comentário feito pelo humorista falido Ronald Rios, que em seu Twitter também criticou Holiday usando o fato de ele ser "um negro que não concorda com a esquerda."

Hoje recebi a informação de que o "filósofo" Paulo Ghiraldelli atacou Holiday em seu site. E, surprise!, ele o chamou de "o negrinho do DEM", em tom pejorativo, e ainda disse que Fernando é um "negro de alma branca", comentário que é típico de se ouvir da boca de qualquer militante do PSOL. Os ataques, mais uma vez, foram motivados pelo fato de que Fernando Holiday se declara contra as cotas raciais.

O curioso nisso é ver que a extrema-esquerda se enxerga como detentora do monopólio da opinião, e isso vale para tudo. Na realidade, para eles, a questão racial é só um trampolim, uma forma de obter capital político. Tanto é que ninguém acha estranho um homem branco, de classe média, destilando racismo contra um jovem negro e pobre, só porque neste caso o jovem negro é pobre é também de oposição.

Você já viu alguém da extrema-esquerda defendendo Holiday desses ataques? Já viu alguém alguém do PSOL criticando os comentários racistas de Eduardo Guimarães? Não. Não viu porque isso nunca aconteceu. O fato de Holiday ser um negro que não aceita ser escravo dos ideais deles é o que mais os incomoda, esta é a verdade.