11 de junho de 2016

Jean Wyllys tenta manipular os fatos e a realidade o desmente

Em vídeo publicado no canal do deputado federal Jean Wyllys, no dia 16 de maio (portanto quatro dias após o afastamento de Dilma), o mesmo aparece dizendo que Sérgio Moro iria parar, que a Lava-Jato iria parar, e que jamais pediriam a prisão de gente ligada a Eduardo Cunha, como sua esposa e sua filha, que aparentemente possuem envolvimento direto em seus esquemas.

Claro, Jean não é burro. É, na verdade, um manipulador barato que tenta desligar seus seguidores da realidade levando-os para os argumentos fajutos da militância petista. Não demorou muito para que os fatos viessem a confrontar a "análise" do deputado. O trecho abaixo é o momento específico do vídeo em que ele diz essas baboseiras.


video



O que aconteceu essa semana mostra que Jean Wyllys não se importa minimamente com os fatos e que seu objetivo, no fim, era apenas desmoralizar o Juiz Sérgio Moro e a Operação Lava-Jato. Como já foi dito aqui, em outros artigos, somente dois grupos estão a qualquer custo tentando desmerecer o impeachment, e são a extrema-esquerda pró-PT e a extrema-direita olavette. Abaixo, algumas notícias que saíram nos últimos dias.