29 de junho de 2016

Fernando Haddad é citado em delação

O atual prefeito de São Paulo, aquele que dias atrás estava preocupado em tirar cobertores de mendigos para atender demandas da elite paulistana que o elegeu, foi citado em delação premiada por ter recebido R$ 30 milhões.

Na delação do ex-diretor da Andrade Gutierrez, Flávio Machado Filho, foi dito que João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT, solicitou o dinheiro para quitar dívidas referente a campanha de Haddad para a prefeitura de São Paulo, em 2012. Ainda segundo Machado Filho, "a dívida era de R$ 30 milhões. Também houve a solicitação de pagamento a outras cinco empresas, de modo que ficariam R$ 5 milhões para pagamento da Andrade Gutierrez."

Aparentemente, dentro do PT não vai sobrar ninguém. Se um dia a Lava-Jato acabar o partido não terá sequer alguém para sair e apagar as luzes antes de ir embora. A esperança será pedir para algum agente da PF realizar a função.